• Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Google+ Social Icon

Assim surgiu a ideia de celebrar a Jornada Mundial da Juventude no Panamá

29.09.2016

 

 

Delegação do Panamá na JMJ Cracóvia 2016 / Flickr JMJ Cracóvia 2016

 

 

PANAMÁ - O Arcebispo do Panamá, Dom José Domingo Ulloa, explicou como surgiu a ideia de realizar a próxima Jornada Mundial da Juventude (JMJ) nesse país em 2019.

 

Em declarações ao Grupo ACI, o Prelado assinalou que “a ideia surgiu na nossa preparação em 2013, quando estávamos celebrando a criação da primeira diocese em terra firme sob a devoção de Santa Maria a Antiga e também da experiência que tivemos em outras jornadas”.

 

“Víamos que as jornadas mundiais são um evento tão rico que a juventude não só compartilha, mas se sente Igreja; e pensávamos em tantos jovens, especialmente em nossa região centro-americana, que por fatores econômicos não podem ter a experiência de participar”.

 

Por isso, ele e outros bispos centro-americanos decidiram escrever ao Papa Francisco para solicitar que a seguinte JMJ fosse realizada na capital do Panamá.

 

“Agradecemos ao Papa por ter escutado o nosso pedido e por olhar para a região centro-americana, uma região onde a grande maioria é jovem”.

 

Estes jovens, disse o Prelado ao Grupo ACI, “estão expostos a milhares de realidades, a migrar, muitas vezes são capturados por bandos, gangues, tráfico de pessoas. Queremos também que essas pessoas possam ter a mesma experiência de uma JMJ”.

 

Além disso, comentou, “a posição geográfica do Panamá” é muito favorável porque ali “converge toda a América Latina”.

 

O Arcebispo disse que agora a missão que têm em vistas a JMJ Panamá é “nos preparar para acolher os que podem ir e acolhê-los sempre” e assinalou que já viram alguns lugares para os eventos principais, mas isso será decidido em conjunto com o dicastério encarregado pela jornada no Vaticano.

 

No último dia 31 de julho, na Missa final da JMJ 2016 celebrada em Cracóvia, o Papa Francisco anunciou que o Panamá será a próxima sede deste evento eclesial e mundial.

 

“Com alegria vos anuncio que a próxima Jornada Mundial da Juventude – depois das duas a nível diocesano – será em 2019, no Panamá”, disse naquela ocasião o Santo Padre.

 

A JMJ foi criada por São João Paulo II e acontece a cada ano nas dioceses ao redor do mundo. Mas, a cada certo tempo, em um evento especial, reúne jovens de todo o mundo em uma cidade para celebrar a alegria da fé e compartilhar com o Papa.

Please reload

DESTAQUE

21 sugestões para viver melhor esta Sexta-Feira Santa

18 Apr 2019

1/10
Please reload

April 18, 2019

April 18, 2019

Please reload