• Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Google+ Social Icon

Paquistão: “Que o coração endurecido pelo ódio se converta em paz”, pede o Papa

21.02.2017

 

VATICANO - No dia 16 de fevereiro, cerca de 70 pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas em um templo sufista na província de Sindh, no sul do Paquistão, durante um ataque terrorista reivindicado pelo Estado Islâmico.

 

Depois da oração do Ângelus no domingo, 19 de fevereiro, o Santo Padre recordou especialmente “as queridas populações do Paquistão e Iraque, assoladas por atos terroristas cruéis, nos últimos dias”.

 

“Rezemos pelas vítimas mortais, pelos feridos e seus familiares. Rezemos fervorosamente para que todo coração endurecido pelo ódio se converta à paz, segundo a vontade de Deus”, pediu.

 

No último dia 13, ocorreu outro ataque terrorista no qual 14 pessoas morreram e 94 ficaram feridas durante uma manifestação em Lahore, uma cidade localizada na zona leste do Paquistão. A explosão aconteceu às 18h (hora local), quando centenas de manifestantes protestaram contra a reforma da Lei de Fármacos. O ataque foi reivindicado por Jamaat-ul-Ahrar, uma facção talibã do Paquistão.

Please reload

DESTAQUE

21 sugestões para viver melhor esta Sexta-Feira Santa

18 Apr 2019

1/10
Please reload

April 18, 2019

April 18, 2019

Please reload