• Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Google+ Social Icon

O que são os sacramentais na vida cristã? Conheça alguns deles

01.03.2017

 

 

 

 

 

Medalha Milagrosa (sacramental) / Foto: Flickr de Dome Poon (CC-BY-NC-ND-2.0)

 

Hoje, a Igreja celebra a Quarta-feira de Cinzas, quando se impõe um sacramental, isto é, as cinzas que são colocadas na cabeça como sinal de penitência. Saiba o que são os sacramentais e o seu sentido na nossa vida cristã.

 

A blogueira católica Jenny Uebbing escreveu um recente artigo no qual explica o sentido e o uso dos sacramentais na vida cotidiana do cristão.

 

No blog “Mama needs coffee” de CNA – agência em inglês do grupo ACI – Uebbing explica que a palavra “sacramental” é “utilizada pela teologia para designar aqueles artigos aparentemente normais, aos quais temos acesso durante nossa batalha contra o mal ao longo de nossa vida”.

 

Segundo o Catecismo, os sacramentais “são sinais sagrados por meio dos quais, imitando de algum modo os sacramentos, se significam e se obtêm, pela oração da Igreja, efeitos principalmente de ordem espiritual”.

“Por meio deles, dispõem-se os homens para a recepção do principal efeito dos sacramentos e são santificadas as várias circunstâncias da vida”.

 

Uebbing explicou que, “embora a fé da Igreja impregnada nesses elementos comuns (água, sal, ícones, medalhas etc.) é uma bênção eficaz em si mesma, esta só se concretiza plenamente quando combinada com a fé pessoal e uma vida reta e ordenada”.

 

Fazendo referência ao Evangelho de São João sobre a passagem de Jesus na qual aplica barro nos olhos de um homem para que recuperasse a visão, Uebbing indicou que este milagre “não ocorreu por uma superstição ou por qualidades inerentes da matéria, mas pela reação primordial entre a graça de Cristo e a fé do homem”.

 

A seguir, alguns exemplos de sacramentais propostos pela blogueira católica:

 

1. Crucifixos

Uebbing assegurou que, “com um crucifixo em cada lar, tem-se um poderoso recordatório para todos os que vivem, trabalham e dormem sob o mesmo teto, de que o lar pertence a Cristo”.

“Não, o crucifixo não é Jesus, mas é sua imagem, representada com amor e destacada proeminentemente”, precisou.

 

2. Água benta

A blogueira detalhou que “cada paróquia deve ter (a maioria tem) uma pia de água benta em cada porta e uma pia principal para o batismo”.

 

“Mantenhamos água benta em nossa casa todos os momentos e usemo-la todos os dias para abençoar nosso filhos, seus quartos e nossa casa, sobretudo se alguém está doente ou teve um sonho ruim, ou depois de uma grande festa ou quando muitas pessoas entraram e saíram”.

 

Jenny assegurou que “vivemos em uma falsa dicotomia entre o espiritual e o mundo material neste século, entretanto, o Deus que vem a nós em um pedaço de pão, sem dúvida, confere a graça sacramental através da água”.

 

3. Sal bento

A autora manifestou que o sal é bom “para abençoar as portas e lançar ao longo do perímetro da casa como uma barreira entre a família e o mundo”.

 

Assinalou que isso também é “um ato de fé que reclama a terra, o lar e todo o espaço” para Cristo.

 

4. Medalhas

“Tanto a Medalha Milagrosa como o escapulário são poderosas devoções à Virgem e a Igreja ensina que, usados com fé e em concordância com uma vida de virtude, levará promessas poderosas unidas a eles”.

 

Finalmente, Jenny Uebbing assegurou que “Maria intercederá por nós particularmente no momento da morte, uma vez que Jesus não negará à sua querida mãe tudo o que ela pede”.

 

Please reload

DESTAQUE

21 sugestões para viver melhor esta Sexta-Feira Santa

18 Apr 2019

1/10
Please reload

April 18, 2019

April 18, 2019

Please reload