• Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Google+ Social Icon

Vaticano cria comissão de 37 mulheres para assessorar em temas culturais

08.03.2017

 

Comissão feminina para o Pontifício Conselho para a Cultura com o Cardeal Gianfranco Ravasi/ Foto: Veronica Giacometti (ACI Prensa)

 

VATICANO - Na véspera do Dia Internacional da Mulher, o Vaticano apresentou uma comissão formada por 37 mulheres para assessorar o Pontifício Conselho para a Cultura, a fim de propor diversas iniciativas e atividades.

 

Todas elas estiveram presentes durante a apresentação, realizada pelo presidente deste dicastério da Santa Sé, Cardeal Gianfranco Ravasi.

 

As mulheres são de diferentes áreas como jornalismo, teologia e política e se reunirão quatro vezes por ano.

 

Um das palestrantes na coletiva de imprensa realizada ontem no Vaticano, a Dra. Scilla Elworthy, cofundadora da organização Rising Women, Rising World, disse que as mulheres se destacam pela sua capacidade de empatia com os outros.

 

Em declarações a CNA – agência em inglês do Grupo ACI –, a especialista indicou que esta capacidade “é o que torna as mulheres incríveis construtoras de paz: é esta capacidade de se colocar no lugar do outro, através da compaixão e da verdadeira escuta”.

 

“Todos nós pensamos que somos bons ouvintes, mas a maioria não é”. "Este é o maior dom que podemos dar a outra pessoa, ouvi-la, e é a maneira mais simples e mais rápida para resolver conflitos”, precisou.

Outra característica das mulheres destacada por Elworthy é o “cuidado e a preocupação” com outros.

 

Por sua parte, Kerry Robinson, fundadora de uma organização que colabora com a Igreja na administração, finanças e recursos humanos, comentou que ter homens e mulheres trabalhando juntos “é um dom e, com frequência, não garantimos que as mesas de deliberações sejam variadas quando se devem tomar decisões”.

 

Depois de assinalar que não busca que “somente as mulheres liderem”, Robinson disse a CNA que se deve chegar a “uma sabedoria coletiva e uma experiência importante, através da qual haverá um debate e um resultado melhores”.

 

Em diferentes ocasiões, o Papa Francisco destacou a importância da mulher na sociedade e na própria Igreja.

 

No dia 9 de fevereiro deste ano, durante a Missa celebrada na capela da Casa Santa Marta, o Santo Padre afirmou: “O homem não traz harmonia: é ela. É ela que traz a harmonia, que nos ensina a acariciar, a amar com ternura e que faz do mundo uma coisa bela”.

 

Neste dia 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher, chegando a ser até mesmo feriado nacional em alguns países.

Please reload

DESTAQUE

21 sugestões para viver melhor esta Sexta-Feira Santa

18 Apr 2019

1/10
Please reload

April 18, 2019

April 18, 2019

Please reload