• Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Google+ Social Icon

Roubam e profanam a Eucaristia em capela de Adoração Perpétua na Argentina

23.04.2017

Profanação da Capela de Adoração Perpétua na Paróquia Sagrado Coração de City Bell / Arquidiocese de La Plata, Argentina

 

Buenos Aires - O Santíssimo Sacramento da capela de Adoração Perpétua da Paróquia Sagrado Coração de City Bell, em La Plata (Argentina), novamente foi roubada e profanada no último dia 18 de abril.

 

O incidente ocorreu por volta das 10h, quando 5 pessoas invadiram a capela, quebraram o vidro e roubaram o Ostensório com o Santíssimo Sacramento.

 

“Tudo aconteceu ante o terror do grupo de pessoas que estavam lá em uma fervorosa adoração ao Senhor, realmente presente na Eucaristia”, informou o Arcebispo de La Plata, Dom Héctor Aguer.

 

O Prelado explicou que “o ostensório não era de ouro, mas de lâmina dourada, assim como em todas as nossas comunidades”.

 

É a segunda vez que acontece a profanação do Santíssimo Sacramento nesta capela neste ano. Em 10 de março, dois homens armados fizeram o mesmo, obrigando a comunidade a conseguir outro ostensório para a exposição de Jesus Sacramentado.

 

Dom Aguer afirmou que o Santíssimo Sacramento é “o mais sagrado e precioso que a Igreja Católica possui. Quanto tempo será necessário esperar para que possamos exercer, sem esses cruéis atentados, a liberdade religiosa?”.

 

“Protesto energicamente contra estes dois crimes horríveis, que demostram a degradação na qual está submetida a sociedade argentina”, sustentou o Prelado.

 

Além disso, exigiu “às Autoridades do Estado que cumpram com a responsabilidade que lhes corresponde de garantir a vida e os bens da população, assim como também a liberdade da Igreja”.

 

“Uno-me à dor de tantos compatriotas que, a cada dia, são vítimas da delinquência, com roubos, agressões e assassinatos; e me associo aos seus contínuos e ainda infrutuosas reclamações”, expressou Dom Aguer.

 

O Arcebispo exortou os fiéis a “intensificar os atos de reparação ao Senhor Ressuscitado por estas gravíssimas profanações”, ocorridas na capela da adoração perpétua, aberta há mais de seis anos e que é um dos principais apostolados da paróquia afetada.

Please reload

DESTAQUE

21 sugestões para viver melhor esta Sexta-Feira Santa

18 Apr 2019

1/10
Please reload

April 18, 2019

April 18, 2019

Please reload