• Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Google+ Social Icon

Papa condena brutal ataque terrorista que matou ao menos 80 pessoas em Cabul



Papa Francisco. Foto: ACI Prensa


VATICANO - O Papa Francisco expressou suas condolências pelo ataque terrorista em Cabul (Afeganistão) que provocou a morte de aproximadamente 80 pessoas e deixou 350 feridas.


Um comunicado enviado pelo Secretário de Estado do Vaticano, Cardeal Pietro Parolin, afirma que, “após tomar conhecimento, com tristeza, do abominável ataque em Cabul e dos muitos mortos e feridos graves, o Papa Francisco manifesta as suas sentidas condolências a todos os que foram afetados por este brutal ato de violência”.


“Sua Santidade confia as almas dos falecidos à misericórdia do Todo-Poderoso, e assegura ao povo do Afeganistão suas contínuas orações pela paz”.


Na manhã de hoje, um caminhão-bomba explodiu na capital afegã, em uma área onde estão as embaixadas de diversos países, entre eles, Alemanha, França e China.


Segundo as autoridades, é um dos ataques terroristas mais graves ocorridos em Cabul. Ainda não se desconhece o autor do ataque, pois os talibãs negaram o seu envolvimento.


De fato, em um comunicado, o porta-voz da guerrilha, Zabihullah Mujahid, reiterou que condenam esses tipos de “operações indiscriminadas que causam vítimas civis” e apontam o autodenominado Estado islâmico como autor deste massacre.

#Afeganistão #AtentadoTerrorista #PapaFrancisco

DESTAQUE