• Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Google+ Social Icon

Polícia detêm falso sacerdote denunciado por arquidiocese mexicana

07.06.2017

 

 

Cidade do México, 05 Jun. 17 / 01:30 pm (ACI).- A Procuradoria Geral do México deteve o falso sacerdote David “N”, conhecido como “o Padre Moncho”, denunciado pela Arquidiocese de Puebla por usurpar as funções ministeriais.

 

Em um comunicado, a Arquidiocese informou que o falso sacerdote foi preso na última quinta-feira à tarde em uma comunidade conhecida como la Huerta. Fontes da Procuradoria informaram à imprensa local que o sujeito foi levado à prisão regional de Tehuacán.

 

“A Arquidiocese de Puebla, ligada ao estado de direito, realizou a denuncia às autoridades federais e estaduais de uma pessoa que usurpava as funções de um sacerdote na comunidade de Huehetlán El Grande”, assinalou a Arquidiocese.

 

Em 30 de janeiro, a Arquidiocese advertiu que um grupo de pessoas “em conflito” havia tomado posse do Santuário do Divino Niño de la Candelaria, localizado na Huehuetlán El Grande. Depois de expulsar o sacerdote responsável, impuseram um falso padre.

 

“Estamos alertando os fiéis e peregrinos para que não ser surpreendam, pois nos avisaram que o grupo em conflito levou um falso sacerdote que disse que o seu nome é David”, assinalou.

 

A Arquidiocese indicou que caso já estava “nas mãos das autoridades federais responsáveis, pois os templos são propriedade da nação, sob a proteção e administração da Igreja”.

 

Segundo testemunhos recolhidos pela imprensa mexicana, o “padre Moncho” pretendia se beneficiar com as doações e outros recursos econômicos do templo.

Please reload

DESTAQUE

21 sugestões para viver melhor esta Sexta-Feira Santa

18 Apr 2019

1/10
Please reload

April 18, 2019

April 18, 2019

Please reload