• Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Google+ Social Icon

Duas imãs combonianas vítimas de acidente em Humaitá, AM


Irmã Luiza, moçambicana, e Irmã Josi, italiana - RV


Humaitá (RV) - Um trágico acidente de carro tirou a vida de duas jovens irmãs missionárias combonianas na fronteira amazônica, em Santo Antônio do Matupi-AM.


Irmã Luiza, moçambicana, e Irmã Josi, italiana, mergulharam com paixão e entusiasmo na missão junto à comunidade paroquial e às comunidades indígenas numa região próxima ao Parque Nacional dos Campos Amazônicos, a 180 Km do município de Humaitá.


“Duas setas que, na Amazônia, apontam para a plenitude da vida”, nas palavras de um missionário comboniano.


Há anos a comunidade das irmãs se dedica com entrega total à missão do Matupi num contexto difícil, em defesa e promoção da vida.


O Evangelho proclamado neste domingo (25/06) em todas as celebrações da Igreja católica repete por três vezes as palavras de conforto de Deus: “Não tenham medo”.


O Pai e Mãe da Vida acaricia a cada instante nossa cabeça, conhece o número de nossos cabelos, nos acompanha no mais íntimo de nossa opção de vida.


O que vale, para Deus, é viver intensamente, doar-se até o fim, sem medo, sem se poupar.


“Uma vida que segue um sonho se renova dia após dia”, nos lembra Pe. Ezequiel Ramin, mártir em Rondônia.


Irmã Josi e Irmã Luiza, em sua alegria de viver, regeneraram muitas pessoas na fronteira amazônica. Também sua vida se renova na medida em que continuarmos seu sonho, que é o sonho de Deus: vida plena para a Amazônia!


Fonte: Missionários combonianos

#Humaitá #Amazonas #ReligiosasCombonianas

DESTAQUE