• Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Google+ Social Icon

Vaticano acolherá cúpula mundial sobre armas nucleares com 11 prêmios Nobel da Paz


Praça de São Pedro. Foto: Daniel Ibáñez / ACI Prensa


Vaticano - Na próxima sexta-feira, 10 de novembro, e sábado, 11 de novembro, o Vaticano acolherá um importante simpósio internacional sobre as armas nucleares, sob o título “Perspectivas para um mundo livre das armas nucleares e para um desarmamento integral”, organizado pelo Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral.


O Prefeito deste dicastério, Cardeal Peter Turkson, explicou em um comunicado que o evento “responde à prioridade do Papa Francisco pela paz e pelo uso dos bens do criador para o desenvolvimento e a justa qualidade de vida para todos, indivíduos e povos, sem distinção”.


Em setembro, o Secretário do mesmo dicastério, Mons. Bruno Marie Duffé, destacou, na Conferência da Agência Internacional para a Energia Atômica, realizada em Viena, a importância da “responsabilidade moral dos estados” e o desafio de uma “estratégia comum de diálogo”.


O evento que acontecerá no Vaticano é o primeiro encontro global sobre o desarmamento atômico após a aprovação do “Tratado para a proibição das armas nucleares”, assinado por 122 países da comunidade internacional (entre eles a Santa Sé), em Nova York, no último dia 7 de julho.


Irão ao Vaticano para este evento 11 prêmios Nobel da Paz, assim como membros da ONU, diplomatas representantes dos estados – entre eles, Rússia e Estados Unidos, Coreia do Sul e Irã – e grandes especialistas no campo do armamento.


Junto a eles, participarão representantes das Conferências Episcopais e das Igrejas, a nível ecumênico, e de outras confissões, delegações de docentes e estudantes provenientes das Universidades dos Estados Unidos, da Rússia e da União Europeia.

#Vaticano #ArmasNucleares #NobeldaPaz

DESTAQUE