• Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Google+ Social Icon

Ataque a mesquita: Governo do Egito decreta 3 dias de luto

25.11.2017

 

Mais de 300 mortos em ataque contra fiéis na mesquita do Sinai - AP

 

Cairo - Subiu para pelo menos 305 pessoas o número de mortos nesta sexta-feira (24/11) em uma mesquita no norte do Sinai egípcio, alvo de um ataque de homens armados no momento da grande oração semanal. O governo convocou uma reunião de emergência para avaliar a situação.

 

O ataque aconteceu na mesquita Al-Rawda, no vilarejo de Bir al-Abed, a 40 km a oeste de Al-Arish, a capital da província do Sinai do Norte, região onde as forças de segurança combatem a facção egípcia do grupo Estado Islâmico (EI).

 

O governo decretou três dias de luto nacional. O presidente Abdel Fattah al-Sissi convocou uma reunião de emergência com seus ministros responsáveis pela segurança. Em um discurso na televisão, ele prometeu vingar o ataque.

 

Na madrugada deste sábado, a Força Aérea egípcia "destruiu vários veículos utilizados no atentado e bombardeou diversos "pontos terroristas de armas e munições", anunciou o porta-voz Tamer El Refaï.

 

O ataque foi o maior contra civis e o primeiro contra uma grande mesquita desde que um grupo afiliado ao Estado Islâmico começou sua campanha de violência contra o governo, após as Forças Armadas destituírem em 2013 o presidente Mohamed Mursi, ligado à Irmandade Muçulmana. Desde então, os grupos extremistas têm multiplicado atentados contra militares e policiais.

Please reload

DESTAQUE

21 sugestões para viver melhor esta Sexta-Feira Santa

18 Apr 2019

1/10
Please reload

April 18, 2019

April 18, 2019

Please reload