• Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Google+ Social Icon

PASTORAL DO DÍZIMO: Um plano de amor.

30.03.2018

 Um plano de amor

 

Plano de Amor é o projeto de Deus para cada ser por Ele criado. Mas para o homem, o amor sempre teve um destaque, pois ele é feito à imagem e semelhança do Criador: com a incumbência de “dominar” a terra, rei da criação, com inteligência e alma destinada à eternidade. Criado para sempre! Que belo projeto! Na caminhada de seu povo, muitas vezes rebelde e desobediente, seu amor deixa de lado a desobediência e má criação e dá novas oportunidades. E sempre de novo mais e mais oportunidades, algumas vezes com umas lições para ajudar no processo de conscientização.

 

Quando as lições são assimiladas, constata-se a prosperidade do povo, o crescimento em todos os sentidos. Outras vezes nem tanto. Neste Plano de Amor há sempre o inconfundível respeito à liberdade. Mas seu plano é bem definido, e aponta sempre para a mesma direção: levar o homem a viver plenamente a vida, a vida eterna. Como é bom passear pela Bíblia e constatar esse caminho de Deus. A história de Abraão, Isaac, Jacó, José e sua família mostram o final de uma história quando Deus não é esquecido, quando Deus é seguido e obedecido.

 

Mas o Plano de Amor de Deus, apesar de Ele o querer tanto, foi frustrado pelo pecado do homem. Mas Deus manifesta, mais uma vez, Seu Plano de Amor, enviando Seu Filho. Jesus completa, em Si mesmo, doando-se, este Plano de Amor. Por sua vez dá-lhe continuidade com a fundação de Sua Igreja, presença viva Dele mesmo, no meio de nós. Deixa Pedro como marco, pedra permanente, para ser observado e seguido. Jesus confia todo este Plano de Amor a um homem frágil, capaz de errar muito; mas ele, com a presença do Espírito Santo, torna-se uma coluna forte, firme e permanente nos sucessores ao cargo que vieram depois. Aí temos a Igreja toda organizada, no mundo todo. Uma Igreja que é reconhecida pela sua postura, pelos seus princípios, pela sua fidelidade ao fundador, como a instituição de maior credibilidade no mundo, produtora permanente de esperança e especialista em humanidade.

 

A Igreja, em sua organização, tem seus bispos estrategicamente colocados, diante de uma porção de povo, constituindo a Igreja Povo de Deus. Observando o trabalho dos bispos – eu tive a graça de acompanhar de perto alguns – pode-se perceber claramente que há uma permanente preocupação com o bem- estar de cada filho. São filhos espirituais por quem dão a própria vida, se for preciso. São afáveis, fraternos, bondosos, mansos em circunstâncias normais, e podem virar feras para defender suas crias se alguém se mete no meio para atrapalhar o Plano de Amor definido pelo Evangelho.

 

Não é diferente na maioria das Paróquias

 

Neste Plano de Amor, a Igreja não exclui ninguém de participar. Cada pessoa é objeto e destinatário deste plano. Toda pessoa de boa vontade poder participar, tem espaço para isso, tem possibilidade de trabalhar e se incluir neste grande projeto de construção do Reino de Deus. Quantas lideranças envolvidas nos trabalhos paroquiais, animadas pelos Padres sob a coordenação dos Bispos, segundo as orientações do Papa, fiéis seguidores de Jesus, enviado de Deus Pai. É o efeito cascata do Plano de Amor de Deus em todos os níveis.

 

De todas as maneiras de trabalhar ou realizar a tarefa de evangelização numa comunidade, o dízimo é a de maior dificuldade. Não participar como dizimista seria uma tremenda falta de consideração com tantos envolvidos de forma muito mais comprometida e exigente. De outro lado, sendo dizimista estaremos manifestando amor pela comunidade e fidelidade com Deus no Seu grande projeto de Amor:salvar toda a humanidade. Estar fora deste projeto como dizimista e de maneira especial trabalhando nesta Pastoral, seria uma grande perda! Você não vai querer ficar de fora, não é mesmo?

 

Autor: Antoninho Tatto – Meac São Paulo

www.meac.com.br

 

 

 

Please reload

DESTAQUE

21 sugestões para viver melhor esta Sexta-Feira Santa

18 Apr 2019

1/10
Please reload

April 18, 2019

April 18, 2019

Please reload