• Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Google+ Social Icon

Entrevista exclusiva com Ticiana Souza


Portal católico: Quem é você?


Ticiana Souza. Paulista. 31 anos. Da Calmaria.


Portal católico: Como iniciou sua evangelização através da música?


Ticiana Souza: Sempre cantei na Igreja, meus pais eram da RCC com 12, 13 anos comecei e nunca mais parei. Cantei em muitos retiros, pra multidões e pra pessoas simples na roça. Em 2003 me mudei para Cachoeira Paulista-SP com minha família e por 7 anos trabalhei na Canção Nova, onde aprendi e cresci muito. Já participei do projeto Louvor Acústico, cantei no DVD do Dunga da Canção Nova, e em 2015 lancei meu primeiro trabalho solo, o EP Calmaria.


Portal católico: Você compõe? Que estilo musical que melhor define este trabalho?


Ticiana Souza: Eu componho e tenho amadurecido muito nessa área, é algo recente, mas sempre gostei muito de escrever sobre o dia a dia, as coisas simples da vida e como Deus age nas pequenas coisas da nossa vida. Minha musicalidade fala disso, de vida, de buscar ser melhor para mim e para o outro tendo Deus como apoio.


Portal católico: Quem são suas inspirações na área da música?


Ticiana Souza: Eu tenho muitas influências musicais da MPB, Jazz e cantores contemporâneos. Estudo muito suas composições e arranjos, mas se pudesse elencar uma inspiração seria o Monsenhor Jonas Abib, que além de ser um compositor incrível e inovador para seu tempo, é um exemplo de servo e de anunciador.


Portal católico: O que você gosta de ouvir nas horas vagas e que dicas de CDs você poderia dar?


Ticiana Souza: Eu escuto um pouco de tudo, mas amo Jazz, tenho ouvido muita música clássica e estudado suas formas de composição. Mas tenho ouvido muito novos cantores que estão se tornando grandes amigos, como Gil Monteiro, Projeto Dois ou Mais, Lucas Medrado.

Portal católico: Tem CDs gravados? Nos conte um pouco sobre seu último trabalho ou projetos em andamento.


Ticiana Souza: Em 2015 lancei o EP Calmaria, que tem 2 composições minhas, a regravação de “Olhe para o céu” do Diácono Nelsinho Correa; tem composições de Bruno Camurati e Abner Santos. Os arranjos e meus parceiros nesse trabalho foram Bruno Espíndola (Banda Beatrix) e Vinicius Souza (Banda Beatrix), que inclusive é meu irmão. Tive a alegria de ter o músico Cristian Lopes (Canção Nova) gravando os teclados e a direção de arte do EP por Lize Borba, que assina trabalhos da banda Rosa de Saron, entre outros. Estamos começando a compor novas músicas para um disco. Em breve teremos novidades.


Portal católico: Deixe um recado para os usuários do portal.


Ticiana Souza: Eu escolhi o nome “Calmaria” para o meu EP não apenas porque eu gostaria de levar e cantar a paz, mas porque além de ter esse significado a palavra calmaria é um termo náutico que descreve o momento em que o barco está em alto mar e os ventos cessaram. Não é possível navegar, chegar até um porto seguro. A nossa vida também assim, precisamos de tempestades, ventos que nos levem a nossa meta. Nunca desista de navegar, não se deixa abater pelas tempestades, elas só nos levam mais próximo do nosso porto seguro. É possível chegar...


Contato para shows.

E-mail: contato@ticianasouza.com.br

facebook.com/ticianasouza - @ticisouza – www.ticianasouza.com.br

#Músicacatólica

DESTAQUE