• Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Google+ Social Icon

Cardeal Parolin “preocupado” por ressurgimento do populismo no mundo


Cardeal Pietro Parolin. Foto: Wikipédia / Blancoduno (CC-BY-SA-3.0).


VATICANO - O Secretário de Estado do Vaticano, Cardeal Pietro Parolin, lamentou recentemente o ressurgimento do populismo no mundo e alertou sobre o perigo causado pela “incapacidade de acolher e integrar”.


Depois de se reunir em 14 de fevereiro com o presidente italiano Sergio Mattarella, com o Primeiro-Ministro Paolo Gentiloni e outras autoridades italianas na embaixada da Itália ante a Santa Sé, para comemorar a assinatura dos Pactos Lateranenses, o Cardeal Parolin advertiu que se fechar em si mesmo “nunca é uma boa política”.


Citado pela Rádio Vaticano, o Purpurado assinalou que “a incapacidade de acolher e integrar pode ser perigosa. A história nos ensina isso e, nesse sentido, esperamos que não se repita”.


O Secretário de Estado do Vaticano incentivou a ser “relançado” o projeto europeu, tendo em vista os 60 anos do Tratado de Roma, em 1957, a partir do qual foi criada a Comunidade Econômica Europeia, que por sua parte precedeu a criação da União Europeia.


”Naturalmente há muitas tensões, muitas dificuldades, mas também são capazes de se converter, ou seja, um ‘kairós’ – um momento oportuno – para reestabelecer a relação política sobre uma nova base”, assinalou.

#Popullismo #Política #CardealPietroParolin

DESTAQUE