• Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Google+ Social Icon

Anunciam nova Marcha pela Vida na Argentina


Marcha pela Vida na Argentina / Crédito: “Marcha por la Vida Argentina”


Buenos Aires - Uma nova Marcha pela Vida acontecerá na segunda-feira, 30 de julho, em Buenos Aires (argentina), poucos dias antes que o Senado conclua o debate do projeto de lei do aborto.


Este projeto de lei permite o aborto livre até a 14ª semana de gestação e até os nove meses de gravidez, em casos de violação, risco à vida e à saúde da mãe e inviabilidade fetal. Além disso, proíbe a objeção de consciência institucional.


Foi aprovado na Câmara dos Deputados em 14 de junho e o debate no Senado começou em 3 de julho.


Nesta nova Marcha pela Vida, o ponto de encontro será a Avenida Julio Argentino Roca com Maipú e o destino será a Quinta Presidencial de Olivos.


Em agosto de 2016, o presidente Mauricio Macri respondeu com uma “não” à pergunta sobre a possibilidade de despenalizar o aborto durante seu mandato.


“Trazer uma criança ao mundo é uma das coisas mais bonitas que pode acontecer na vida de um casal, uma pessoa é a expressão mais bonita de amor que existe, sempre fico do lado da defesa da vida”, disse o mandatário à agência Notimex.


Entretanto, após a aprovação do projeto do aborto na Câmara dos Deputados, o presidente destacou o trabalho dos legisladores em “um debate histórico, próprio da democracia”.


Por isso, a oração “Marcha por la Vida Argentina” assinala na convocatória que vão “marchar à Quinta Presidencial de Olivos para pedir ao presidente que cumpra com sua palavra”.


As versões anteriores da Marcha pela Vida na Argentina reuniram grande quantidade de pessoas.

Entre elas, destaca-se a marcha do dia 20 de maio, que reuniu mais de 3 milhões de pessoas, e a de 25 de março, Dia do Nascituro, que contou com 2 milhões de participantes em todo o país.

#Aborto #Argentina #archapelaVida

DESTAQUE