• Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Google+ Social Icon

Que as alegrias sejam maiores!


Foto: Portal católico


Felizes os que temem o Senhor, os que andam em seus caminhos (Sl 127,1)


Ao concluirmos o ano de 2016, voltemos nosso olhar para o infinito dos céus e deixemos que as luzes da esperança brilhem em nossos corações.


O ser humano é dotado de esperança e vontade renovada para recomeçar e agir em busca do novo e daquilo que pode ser melhor. O que temos de melhor são as pessoas que estão ao nosso redor. Convido os amigos e amigas a fixarem os olhos nas pessoas que mais estiveram perto de você durante esse ano que termina. Olha, silencia, fixa o olhar, deixa que as lembranças fortes venham à tona em sua mente e descubra que em cada instante, essas pessoas fizeram algo por você. Não se deixe tomar pelo desânimo e tristezas que assolaram sua vida. Não vivemos para as amarguras, mas para as alegrias. No silêncio da sua mente, relembre momentos bons, de gritaria, de felicidade, pulos de satisfação, abraços eternos, que, mesmo sendo por instantes, fez o belo, o bom, o prazeroso, o emocionante ser o eco marcante em sua vida.


Portanto, cative e projete os bons momentos em que viveu ao redor da mesa, na sala da sua casa, nos bancos da escola, nas mesas do escritório, na labuta da lavoura, enfim, na sua ação constante que te construiu e te edificou na vida. Que o bom Deus continue derramando mais água no mar da sua existência. Com Deus nunca há mesquinharia, deficiência, miséria e insuficiência. Agradeça as conquistas, sonhos realizados, avanços na vida profissional, acertos na sua família, fé renovada e agraciada com os salmos da vida que te encantou e te projetou mais luz, mais satisfação e muita vontade de ser melhor e amar com mais intensidade.


Surpreenda no Novo Ano, queira ser melhor, não repita decepções. Faça algo para você mesmo, ame a si mesmo e deixe-se amar para experimentar o prazer do amor que é infinito, constante e eterno. Descubra que amar é ser correto, sensível e eficaz na alteridade. O outro é sempre a medida para você mesmo, o outro, a outra são parceiros na sua existência te mostrando a eficiência ou deficiência do seu jeito de ser.


Portanto, olhe, silencie, observe e mensure o seu modo de ser para agradar, atrair, ser útil e importante para as pessoas que estão ao seu redor. Não despreze ninguém, olhe novamente para as pessoas que estiveram contigo grande parte desse ano. Agradeça os puxões de orelha, as correções fraternas, as freadas que te fizeram retornar no caminho da segurança, e da fidelidade para ser mais feliz e fecundo no dia a dia.


Não te entregues ao desânimo e as tristezas. Seja uma pessoa boa e cultivadora de boas perspectivas. Olhe para as conquistas, erga a cabeça, deixe a luz brilhar, a estrela guia te conduzir. Deixe o Menino Jesus da manjedoura entrar no seu coração. Cresça com ele no dia a dia e busque a maturidade do bem existir. Descubra os grandes valores que são os alicerces da sua vida, honestidade, simplicidade, idoneidade, fidelidade, serviço, dignidade, fé, sensibilidade, hospitalidade, respeito, compaixão e misericórdia.

Nesse Ano Mariano, a ternura de Deus, revelada em Maria, seja a fortaleza em suas atitudes, buscas, sonhos e realizações para 2017.


Cuide bem da sua vida, ela é uma só, ela é essa mesma que você é. Não despreze, tome a cruz e sinta que o amor supera tudo, não seja frouxo, desaminado, mas olhe para a cruz de Cristo que te dá força, estímulo e superação. Assim a vida terá novo sabor, mais encanto, vontade firme e segura para ser uma pessoa qualificada, harmoniosa, meiga, amiga para toda e qualquer situação.


Diga no fundo do seu coração, obrigado meu Deus por todos os momentos desse ano que termina e que as forças sejam constantes em todos os minutos do próximo ano.


Um abençoado e Feliz Ano Novo.


Autor: Dom Severino Clasen

Bispo de Caçador (SC)

Presidente da Comissão Episcopal de Pastoral para o Laicato

#CNBB #Bispo

DESTAQUE